Psicologia Clínica

Este serviço oferece o seguinte:

  • Avaliação Psicológica
  • Orientação Escolar e Profissional
  • Consulta Psicológica (a nível infantil e do adulto)
  • Depressão
  • Ansiedade
  • Fobias
  • Ataques de Pânico
  • Tentativa de Suicídio
  • Hiperactividade
  • Dependência de Substâncias (Álcool e Drogas Ilegais)
  • Problemas de Ordem Escolar (Dificuldades de Aprendizagem, Ansiedade a Exames, Insucesso Escolar,
  • Terapia de Aconselhamento (Counselling)
  • Desadaptação a Situações de Vida Adversas
  • Situações de Perdas (ex: luto)
  • Apoio Terapêutico a Casais
  • Apoio Terapêutico a Famílias
  • Apoio Terapêutico a Pais

Como Funciona?

  • Após o contacto inicial, que pode ser por telefone ou pessoalmente na Clínica, marca-se a primeira consulta.
  • Na primeira consulta, começa o processo de avaliação, no sentido de compreender e contextualizar a dificuldade.
  • No final da avaliação, a psicóloga expõe os resultados da mesma e poderá propor uma intervenção ou um encaminhamento.
  • Cada consulta tem a duração média de 60 minutos. É importante a pontualidade, uma vez que há outras pessoas a espera para serem atendidas.
  • Em consultas com crianças, é importantíssima a participação activa dos pais ao longo do processo.

O que é a Intervenção Psicológica?

  • O objectivo das Intervenções Psicológicas especializadas é melhorar o funcionamento mental do indivíduo procurando dar respostas a diferentes dificuldades pessoais e interpessoais no sentido derestabelecer o equilíbrio, melhorar a adaptação ao meio, ou melhorar sintomatologias como sejam estados de depressão, de ansiedade ou outras). Quando se está em sofrimentos tudo parece mais dificil e complicado diminuindo a capacidade para lidar com emoções e sentimentos negativos.
  • As diferentes Intervenções são a nível terapêutico e preventivo sendo dispinibilizadas nas diferentes faixas etárias (crianças, jovens, e adultos) de forma  individual ou grupos (familias,casais).
  • A procura dum profissional pode ajudar a melhorar a sua qualidade de vida mais rápido do que possa pensar.

 

Descrição de algumas Áreas de Intervenção:

Orientação Vocacional e Profissional

Tem como objectivo facilitar/ajudar os jovens na identificação de escolhas académicas e profissionais de acordo com interesses e aptidões individuais, através da promoção do auto-conhecimento e do uso de testes psicotécnicos adequados, compreendendo três aspectos, como sejam:

  • Interesses pessoais através do processo de auto-descoberta que permitem identificar as áreas de maior motivação
  • Aptidões em que se procuram capacidades em diferentes áreas
  • Perfil de raciocínio orientando as capacidadades intelectuais   

Problemas de Ordem Escolar

(Dificuldades de Aprendizagem, Ansiedade a  Exames, Insucesso Escolar, ...)

  Alguns dos problemas mais usuais:

  • A criança ou o adolescente revela sinais de preocupação
  • Insucesso escolar
  • Chamadas de atenção da escola relacionadas com dificuldades escolares e/ou comportamentos incomuns
  • Respostas agressivas
  • Respostas ansiosas perante avaliações
  • Estado aparente de infelicidade e falta de energia
  • Falta de sono/apetite
  • Recusa em ir à escola
  • Afastamento dos amigos
  • Perda de confiança nos mais próximos
  • Recomeço de xixi na cama
  • Medos incomuns (de pessoas, de sair de casa, de brincar com os amigos)
  • … …
Apoio Terapêutico a Pais

Pretende proporcionar aos pais um espaço de aceitação e confiança para reflectir sobre as interações na família, experiências, receios, dúvidas, partilhadas num espaço seguro e de confiança, através de modelos educativos que ajudem na função parental.

Alguns dos problemas mais usuais:

  • Dificuldades sentidas no processo educacional dos filhos (personalidades difíceis, desobediências exageradas, problemas do for escolar, dificuldades no relaciona-mento social, ou outras).
  • Dificuldades em educar sem gritar.
  • Desacordo entre os conjuges relativamente às atitudes a ter com os filhos. Comunicação conjugal através dos filhos.
  • Quando os pais e as crianças/jovens têm a aoprtunidade de se empenhar juntos na resolução de problemas, a união familiar acaba por sair reforçada.

Terapia Individual

Os problemas podem ocorrer na pior altura, e quando surgem parece não haver forma de desaparecerem, constituindo uma fonte de stress e tristeza, podendo ser pequenas dificuldades que ganham proporções incontroláveis.

Situações indicadoras de que pode estar a precisar de ajuda:

  • Sente-se desmotivado em relação ao seu trabalho e à vida em geral
  • Sente frequentemente vontade de chorar
  • Sente-se cansado e não consegue relaxar
  • Sente-se frequentemente tenso
  • Acorda a meio da noite e já não consegue adormecer
  • Deixou de achar graça a coisas que fazem os outros rir
  • Sente irritabilidade e mudanças de humor frequentes
  • Sente que os outros não gostam de si
  • Deixou de gostar de sair, de se divertir...
  • Sente-se com menos energia que os outros
  • As suas reações amorosas tendem a acabar depressa demais
  • Tem discussões frequentes com familiares e amigos
  • O seu casamento, o seu trabalho, a relação com os filhos com a familia tendem a piorar cada dia
  • .... ...

Terapia Familiar

  • Modelo de terapia onde se pretende compreender e tratar os problemas psicológicos individuais que afectam toda a relação familiar, ou os problemas familiares que afectam individualmente os elementos da família. 

Deve-se procurar a ajuda dum terapeuta quando:

  • A comunicação entre os membros está sériamente comprometida, e a família não consegue encontrar forma de resolver os seus problemas, antes parecendo que qualquer tipo de resolução os agrava ainda mais.

Terapia de Casal

  • É uma área da Psicologia que foca específicamente na interação entre os membros do casal (pessoas casadas, namorados, uniões de facto), específicamente em problemas que possam estar a afectar a relação. Cada vez mais as relações amorosas sofrem um enorme desgaste na rotina diária. O vínculo que se forma entre os elementos da relação pode não resistir aos constantes ataques exercidos pelo ambiente diário, pelos desejos e necessidades individuais.
  • A psicoterapia de casal é importante para todos os casais que, pelos mais diversos motivos, estão a atravessar um período de crise e que sentem desejo de lutar pela continuação da relação.
  • Nao é necessário que o casal esteja à beira da separação ou do divórcio para procurar aconselhamento conjugal. As crises podem ser minoradas ou melhor geridas com a ajuda dum profissional tentando encontrar-se hipóteses facilitadoras para o estabelecimento dum diálogo, que é muitas vezes inexistente por razões várias.
  • Pode ser muito útil para os casais com problemas na área da comunicação, dificuldades de resolução de problemas e na capacidade de resposta afectiva adequada. 

Deve procurar-se apoio de um profissional se na relação existir:

  •  Infidelidade por parte de um dos elementos e dificuldades do casal em lidar com a situação
  •  Dificuldades de relacionamento sexual
  •  Vida sexual frustante para uma das partes
  •  Desinvestimento amoroso de uma das partes ou ambas
  • Dificuldades de comunicação
  • A rotina parece ter feito desaparecer a paixão
  • Incompatibilidade na educação dos filhos
  • Possíveis manipulações por parte de um dos conjuges nos descendentes no sentido de minimizar o seu sofrimento pessoal
  • Minimização dos danos emocionais nos filhos aquando dum processo de divórcio
  • Casais que se encontrem em situação de rotura (divórcio, separação, dificuldades de acordo perante a custódia dos menores entre outros)
  •  Novo casamento após divórcio, e consequente partilha do envolvimento parental
  • Dificuldades no relacionamento com as famílias de origem de qualquer dos elementos
  • Conflitos persistentes de qualquer tipo

Dependência de Substâncias

(Álcool e Drogas Ilegais)   

  • A psicoterapia permite ajudar qualquer pessoa quer seja homem, mulher, adolescente ou criança envolvidos directa ou indirectamente em problemas de dependência de substâncias, independentemente de ser consumidor ou apenas familiar de um consumidor. O tratamento de alguém dependente é mais eficaz e breve quando os membros da familia/amigos se envolvem na terapia.
  • Quando existe uma pessoa alcoólica numa família todos os seus membros sofrem.

Deve procurar-se ajuda de um profissional quando ocorrer:

  • Consumo de qualquer destas substâncias ao longo do dia, associado a sentimentos de culpa
  • Dificuldades em deixar de consumir
  • Consequências negativas no desempenho escolar/profissional/familiar ou outro
  • Impacto negativo a nível das relações familiares/sociais/profissionais

Psicóloga

Drª Sofia Nascimento

Horário

uma a duas vezes por semana a partir das 15h00

Preço

50€

Para fazer marcação de consulta entre em contacto connosco